Energy Future lança com Accenture a Agenda Setorial, que estreia com o tema cibersegurança

Iniciativa permite que líderes das empresas conectem interesses individuais a uma agenda de oportunidades do setor elétrico.
Agenda Setorial

O Energy Future e a Accenture lançam a Agenda Setorial, dedicada a construir uma rota inovadora para temas estratégicos do mercado de energia elétrica. Empresas de geração, transmissão, distribuição e comercialização do setor elétrico brasileiro estão sendo convidadas a contribuir e participar. 

O primeiro programa temático da agenda tem como foco a “Rota Cibersegurança”, trabalhada sob orientação dos critérios ESGT. O objetivo é mapear e desenvolver soluções tecnológicas inovadoras, aplicáveis a Sistemas Cibernéticos e Ciber-físicos do setor, de modo a torná-los mais resilientes e seguros. 

O forte aumento nos casos de ataques cibernéticos é visível e impacta as empresas do setor elétrico. São direcionados por cibercriminosos, com o objetivo de obtenção de lucro a partir do sequestro de dados e de sistemas. Caso alcancem o ambiente operativo, essas violações de segurança podem impactar o negócio e até mesmo a sociedade. Assim, as empresas precisam olhar com urgência para o tema da cibersegurança.

Mas ampliar o investimento em segurança digital por si só não basta, é necessária uma abordagem holística e integrada do assunto, passando por um plano de ação setorial, e a Agenda chega para contribuir com essa articulação. O roteiro do primeiro programa percorrerá estudos, chamadas de soluções inovadoras e interações para promoção de consensos e diálogos entre os diversos atores do setor no que diz respeito à cibersegurança. Ao longo da jornada, líderes do setor poderão executar uma iniciativa inteligente e eficaz, seguindo práticas que serão construídas setorialmente.

“A agenda setorial está sendo lançada e, com ela, uma nova oportunidade para empreendedores do setor elétrico. Mesmo em um momento difícil para o ecossistema, os investimentos neste programa devem ultrapassar os R$20 milhões. Além de contribuir para desenvolver diversas soluções para o problema de cibersegurança, que atinge o mundo inteiro, em especial utilities de energia”, declara Apolo Lira, head do Energy Future. 

“Os ataques cibernéticos estão aumentando significativamente no setor de utilidades públicas. A rápida digitalização das operações, somado à proliferação de recursos distribuídos e a própria convergência OT/IT, tem deixado o setor cada vez mais exposto a riscos cibernéticos. Acreditamos que soluções estruturais para o tema de cibersegurança precisam do envolvimento de todo o ecossistema setorial”, afirmou Jorge Freire, head de Utilities e Infraestrutura da Accenture.

Já participam da iniciativa as empresas: Atiaia Energia, COPEL, CSN Energia, EMAE, Enel, Energisa, Equatorial, Furnas, Ibitu, Isa Cteep, Light, TIJOA, Urca Energia, Voltalia, Votorantim Energia.

Acreditamos que soluções estruturais para o tema de cibersegurança precisam do envolvimento de todo o ecossistema setorial.

Jorge Freire, head de Utilities e Infraestrutura da Accenture.

A Agenda Setorial será desenvolvida dentro da plataforma do Energy Future e contempla seis etapas no total: pesquisa de mercado, chamada pública, seleção das propostas, validação das mesmas, desenvolvimento dos projetos e finalização com a preparação de soluções para lançamento no mercado.

A primeira etapa da pesquisa com as empresas de energia, que dura ao longo dos meses de junho e setembro, consiste no mapeamento de dores do tema, tendências e estado da arte das tecnologias. A partir das respostas coletadas, serão realizadas reuniões de conselho, workshop com especialistas e parceiros, além da produção de um relatório com os resultados, que possibilitará o desenho das fases subsequentes da rota tecnológica.

As etapas seguintes são a chamada pública, em setembro, e a seleção de propostas, em outubro. A partir de novembro de 2021, começam a ser validadas e desenvolvidas as melhores propostas em formatos de POC, piloto, MVP e Projeto de P&D, a depender da complexidade e maturidade da solução. Acompanhe esse cronograma e saiba mais acessando a página: a-setorial.energyfuture.com.br

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts